Será que o Google Wave vai morrer na areia?

Muito se falou nos últimos meses da nova moda do Google, o Google Wave, que tinha o “simples” objetivo de reinventar o email integrando vários serviços em um único lugar, porém o que se pode notar é que a maioria das pessoas (as que não concordam que é Deus no céu e o Google na terra) não encontrou grande utilidade nesta nova ferramenta de interface ruim e sem nenhum diferencial.

Mesmo sendo um software ainda em desenvolvimento, com muitos bugs, é possível notar que não será a correção destes bugs que irá engrenar o Google Wave, ele precisará de muito mais para se tornar realmente útil para os usuários, caso contrário, continuará sendo utilizado apenas pelos aficionados pela empresa com uma grande tendência de ir desaparecendo aos poucos.

A empresa com certeza não se abala com isso, pois, não depende desta nova ferramenta e está acostumada a lançar ferramentas que não engrenam, quando engrenam dão continuidade caso contrário vão para a história da empresa, sendo este um dos “pulos do gato” da empresa, pois, são nestas tentativas que muitas vezes ela acerta e acaba lançando ótimas ferramentas.

O feedback dos usuários não será suficiente para melhorar o Google Wave, pois, seus problemas não são somente os bugs, lentidão e a interface complicada de mexer, vai além disso, o seu problema é o uso, porque eu preciso dele? Para torná-lo uma ferramenta diferenciada e útil cumprido o que promete seria necessário recriar a ferramenta.

Não podemos descartar que outros produtos da empresa já passaram pelo que o Google Wave esta passando e conseguiram depois de muito tempo dar a volta por cima, como é o caso do Google Reader, que no inicio era uma ferramenta muito criticada e pouco usada. Mas na minha opinião o Google Wave queria revolucionar de alguma forma mais não sabia como e acabou “forçando a barra”, um dia posso ver que estava enganado, mas atualmente estou inconformado! ZNN7F2E9GMG2

Abraços, José Alexandre!

Deixar uma resposta